terça-feira, 3 de maio de 2016

'CARAVANA MAIS ESPORTE E LAZER' ESTARÁ EM ALTO PARNAÍBA NO ANIVERSÁRIO DE 150 ANOS

'CARAVANA MAIS ESPORTE E LAZER' ESTARÁ EM ALTO PARNAÍBA NO ANIVERSÁRIO DE 150 ANOS
A caravana possui mais de 20 atividades!
 A ‘Caravana Mais Esporte e Lazer’, que proporciona a prática de atividades esportivas e de entretenimento aliados à educação e à cultura, já beneficiou mais de 20 mil maranhenses em nove municípios contemplados pelo programa.
Vista aérea da cidade / Foto: Raildson Rocha
O projeto do Governo do Estado que, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), impulsiona, dá maior acesso e fortalece ações de inclusão social pelo esporte no Maranhão, visitará Alto Parnaíba no extremo Sul do Estado (a mais distante da capital), neste dia 18 de maio.
 A caravana que leva diversão e momentos de confraternização por onde passa, chega a Alto Parnaíba em um momento histórico, aniversário de 150 anos de história de uma terra que sempre se mostrou forte e possui muita determinação para lutar sempre por dias melhores. Esta é mais uma ação do Governo Flávio Dino, que inclusive já anunciou a construção de uma praça esportiva para nossa cidade.
Para Márcio Jardim Secretário de Estado de Esporte e Lazer (Sedel), a caravana favorece “momentos de alegria, despertando bons valores humanos, como a amizade, o coletivismo, a fraternidade e o pleno exercício da cidadania, fatores importantes para eliminar a violência e promover a paz”.
A ‘Caravana Mais Esporte e Lazer’ possui atividades como: Futebol, basquete, handebol, futebol de salão, voleibol, jogos de mesa como dama, xadrez, tênis de mesa, aulas de karatê, judô, e baralho para todas as faixas etárias; lazer para o público infantil com casinha de bolinhas, escorrega inflado, recreação, pintura, brincadeiras, animadores, dança, teatro, música e uma série de atividades de lazer e físicas adaptadas ao público idoso.
A programação conta, ainda, com os palhaços contadores de histórias, que levam mais alegria e arrancam milhares de gargalhadas tanto da criançada envolvida brincadeira, quanto dos pais que assistem o espetáculo; e sessões do Cine Esporte, com a montagem de cinema em praças e espaços públicos, que veicula vídeos e filmes com temáticas esportivas. Toda a estrutura para as ações é disponibilizada pelo projeto.
Por fim, a caravana além de levar diversão, a participação efetiva dos moradores é um outro ponto muito importante, pois conduz e monitora as atividades na condição de contratados ganhando um dinheirinho naquela oportunidade.

GOVERNO INICIA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA

GOVERNO INICIA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA
Vai até dia 20!
A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza teve início neste sábado (30) e prossegue até 20 de maio em todo o estado. Em Alto Parnaíba, a campanha foi lançada no Hospital Municipal.
Segundo o Governo do Maranhão, há dois anos não existe notificação de pessoas com H1N1 no estado e a imunização é a forma mais eficaz de evitar a doença. A meta do estado é vacinar pelo menos 80% da população prioritária, que é de 1.520.052 pessoas. Neste primeiro dia de mobilização, foram 1.794 postos de vacinação e 8.406 pessoas envolvidas em todo o estado. 
Imagem: Reprodução
A campanha é direcionada para os grupos prioritários: crianças de seis meses a menores de 5 anos, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), pessoas com mais de 60 anos, trabalhadores da saúde, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, bem como doentes crônicos com recomendação médica, pessoas com problemas respiratórios, cardíacos, com baixa imunidade, dentre outros.
O objetivo da campanha é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções causadas pelos vírus da influenza na população alvo da vacinação. Pretende-se vacinar 563.972 crianças, 112.053 trabalhadores de saúde, 87.656 gestantes, 14.404 puérperas, 32.896 indígenas, 579.919 idosos, 129.194 portadores de doenças crônicas e 7.834 da população prisional.

Informações: SES

INSCREVA EM SUA PRIMEIRA OU SEGUNDA LICENCIATURA

INSCREVA EM SUA PRIMEIRA OU SEGUNDA LICENCIATURA
São 8 cursos disponíveis!
Está aberto até 5 de maio próximo o prazo de inscrições na Rede Universidade do Professor, programa do Ministério da Educação que vai sistematizar a oferta de formação inicial e continuada dos professores da rede pública da educação básica. Com a rede, o MEC oferece vagas de formação inicial a professores efetivos dos anos finais do ensino fundamental e do ensino médio que ainda não têm formação nas disciplinas que lecionam.
As vagas são gratuitas, e os cursos serão ministrados por instituições públicas ou comunitárias de educação superior.
A inscrição pode ser feita por:
Professores sem nível superior, em busca da primeira licenciatura.
Professores licenciados, mas que atuam fora da área de formação, em busca da segunda licenciatura.
Imagem: Reprodução
Professores graduados não licenciados, em busca da formação pedagógica.
Estarão disponíveis vagas em cursos de licenciatura nas áreas de matemática, química, física, biologia, letras–português, ciências, história e geografia.
Os cursos da Universidade do Professor estarão disponíveis a partir do segundo semestre deste ano, com a oferta de 105 mil vagas para a primeira licenciatura, na modalidade a distância, no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). Na modalidade presencial regular, estarão disponíveis vagas remanescentes das instituições federais de educação superior ofertadas por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).
Para 2017, serão ofertadas vagas em cursos de primeira e segunda licenciaturas e de complementação pedagógica do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor), presenciais, e do sistema UAB, a distância.
As inscrições devem ser feitas na Plataforma Freire - CLIQUE AQUI, no curso adequado à formação do candidato.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

VACINAÇÃO PARA COMBATER AFTOSA, BRUCELOSE E RAIVA INICIA NO MARANHÃO

VACINAÇÃO PARA COMBATER AFTOSA, BRUCELOSE E RAIVA INICIA NO MARANHÃO
Segue até o fim do mês!
O período oficial da primeira etapa de vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa iniciou neste domingo (1°) e segue até o fim do mês. A partir desta segunda (2) até o próximo sábado (7), em todas as 18 Unidades Regionais da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged) serão promovidos eventos e panfletagens para divulgar a campanha e conscientizar os produtores maranhenses sobre a importância de continuar vacinando seus rebanhos.
Imagem: Reprodução
A campanha de vacinação contra febre aftosa faz parte do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção contra a Febre Aftosa (PNEFA), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e é promovida e fiscalizada pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), por meio da Aged. Ela acontece, semestralmente, nos meses de maio e novembro no Maranhão.
Em 2015, o estado bateu recordes de cobertura vacinal nas duas etapas da campanha, com 98,82% do rebanho vacinado em maio, e, 98,04%, em novembro.
Além das ações estratégicas para atingir as regiões de menores índices de cobertura vacinal, em 2016, o Governo do Estado quer chamar a atenção dos produtores para a necessidade de vacinação dos rebanhos contra brucelose e raiva.
A iniciativa se dá após a realização das primeiras operações de exportação de gado maranhense pelo Porto do Itaqui, em abril, que fez com que o controle zoossanitário fosse reforçado para obedecer todas as exigências da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).
Assim como a vacinação contra febre aftosa, a vacinação contra brucelose também é obrigatória em todo o território nacional, mas, no caso desta doença, ela é exigida apenas para bezerras de 3 a 8 meses de idade. Já a vacinação antirrábica anual de bovinos e bubalinos, a partir do primeiro dia de vida, é obrigatória em 43 municípios maranhenses, onde a Aged registrou casos positivos de raiva em herbívoros.

Informações: Aged

MARANHÃO RECEBERÁ TOCHA OLÍMPICA

MARANHÃO RECEBERÁ TOCHA OLÍMPICA
Haverá ações para prevenir possíveis doenças infecciosas!
A Tocha Olímpica estará no Maranhão no período de 12 a 14 de junho, em São Luís, Barreirinhas e Imperatriz. Durante o tempo em que estiver no Brasil, ela será carregada por 12 mil condutores e passará por 83 municípios brasileiros escolhidos como Cidades Celebração. Os locais receberão grandes eventos, com show musical e outras atrações. Nesse período, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), estará realizando ações para prevenir possíveis riscos de transmissão de doenças infecciosas.
Imagem: Reprodução
Para aumentar as medidas de prevenção de riscos à saúde por doenças infecciosas, foi realizada, na semana passada, a primeira videoconferência com a equipe do Programa Nacional da Dengue, Chikungunya e Zika vírus, com representantes das Superintendências de Vigilâncias em Saúde do Maranhão, Sergipe, Piauí e também com as Vigilâncias Municipais de outros estados.

Informações: SES

terça-feira, 26 de abril de 2016

5 FATOS CURIOSOS QUE VOCÊ NÃO SABIA SOBRE FUTEBOL DE CEGOS

5 FATOS CURIOSOS QUE VOCÊ NÃO SABIA SOBRE FUTEBOL DE CEGOS
Em ano de paraolimpíadas, vale conferir!
Hoje começa hoje o Campeonato de Cegos da Região Nordeste, sediado em São Luís. O evento é Realizado pela Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais e pelo Centro Desportivo Maranhense de Cegos – Cedemac. O campeonato nordeste do País é um dos mais competitivos do Brasil e tem o patrocínio da Cemar, por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.
Imagem: Reprodução
Este é um esporte com regras totalmente diferenciadas e curiosas, e em ano de paraolimpíadas, vale conferir.
1 - Cadê, o grito da galera? Pois é... Em futebol de cegos, nada de gritos, vuvuzelas, apitos ou recos-recos. Nessa modalidade, a torcida segura o ímpeto por que o silêncio é fundamental para a concentração e nível de acerto dos atletas que se guiam por alguns sons específicos durante o jogo.
2 - Desafiado é meu!!! No futebol de cegos, só dá pra jogar até 5 por time. Isso pra evitar que se machuquem e pra melhorar o rendimento em quadra.
3 - Bate lata: Há relatos que no Brasil, na década de 50, cegos jogavam futebol com latas ou garrafas, mais tarde, com bolas envolvidas em sacolas plásticas, nas instituições de ensino e de apoio a estes indivíduos, como o Instituto Benjamin Constant, no Rio de Janeiro, Instituto Padre Chico, em São Paulo, Instituto São Rafael, em Belo Horizonte.  Atualmente, há uma bola especial, adaptada com guizos (tipo sininhos) que guiam sonoramente os atletas em direção à bola.
4 - Apiiiiiiiiiita o árbitro! Algumas regras são diferentes do futebol convencional, como o tempo da partida, que é de dois tempos de 25 minutos. São 5 jogadores, sendo que 4 cegos e um não cego que atua como goleiro. Há ainda um guia, o Chamador, que fica atrás do gol adversário orientando o ataque de seu time, dando a seus atletas a direção do gol, dentre outras informações importantes.
5 - Futebol arte! Ao contrário do que se imagina, a modalidade tem muitas jogadas plásticas, com jogadas de efeito, inclusive. Muitos toques e chutes a gol. Os jogadores são obrigados a falar a palavra espanhola "voy" ("vou" em português), sempre que se deslocarem em direção a bola, na tentativa de se evitar choques. Quando o juiz não ouvir, ele marca falta contra a equipe cujo jogador não disse o "voy".
Tá curioso pra ver uma partida e apoiar esse esporte paraolímpico, com jogadores maranhenses? A abertura do Campeonato de Futebol de Cinco para Cegos - Regional Nordeste começa hoje, às 19h, e os jogos vão de 27 de abril a 01 de maio, das 8h às 17h, na Quadra Poliesportiva do Centro Educacional São José Operário, em São Luís.

 Assessoria de Imprensa da Cemar