segunda-feira, 27 de junho de 2016

TERÇO DOS HOMENS COMEMORA 3º ANIVERSÁRIO COM GRANDE PROGRAMAÇÃO

TERÇO DOS HOMENS COMEMORA 3º ANIVERSÁRIO COM GRANDE PROGRAMAÇÃO
De 27 de junho a 03 de julho!
Hoje (27), terá início as festividades em comemoração ao terceiro aniversário de existência do Terço dos Homens da Paróquia Nossa Senhora das Vitórias, em Alto Parnaíba - MA.
Imagem: Reprodução

Serão 7 dias de comemoração e oração do terço nas comunidades da cidade. Venha e traga sua família para celebrar junto com os homens de oração.
PROGRAMAÇÃO:
27/06 – Beira Rio (Nossa Senhora Guadalupe)
28/06 – Bairro São José
29/06 – Praça Homerino Segadilha
30/06 – Bairro Santo Antônio
01/07 – Bairro Santa Cruz
02/07 – Encontro de reflexão no Salão Paroquial
03/07 – Missa campal de encerramento na Igreja Matriz
O grupo do Terço dos homens da Paróquia Nossa Senhora das Vitórias, se reúne toda quarta-feira, às 19h30, na igreja matriz. As orações contam com a presença de proximamente 80 homens, e além de rezarem, os homens participam da vida da paróquia.

GAROTO DE SANTA FILOMENA VIRA NOTÍCIA PELO MUNDO

GAROTO DE SANTA FILOMENA VIRA NOTÍCIA PELO MUNDO
O Fantástico deste domingo mostrou a matéria!
O garoto Bruno Alves de 8 anos sofreu um acidente no último dia 20 de junho, quando brincava com amigos no Povoado Brejo das Meninas município de Santa Filomena – PI.
Imagem: Reprodução
A criança sobreviveu por pouco, pois ao cair um galho atravessou o seu peito. Imediatamente populares do povoado socorreram o menino e levaram para Santa Filomena e por falta de estrutura hospitalares foi levado ao Hospital de Urgência de Teresina.
Cerca de 22 horas após o acidente uma cirurgia foi feita para a retirada do galho. O garoto passa bem e deve retornar para casa em breve.
Imagem: Reprodução
Depois do acidente diversas reportagens foram publicadas falando sobre o ocorrido, a última foi no fantástico deste domingo (26), onde uma equipe da Tv clube de Teresina esteve em Santa Filomena e no Povoado Brejo das Meninas falando sobre o fato e mostrando entrevistas com as pessoas que convivem e que socorreram o garoto. A matéria destacou também que ele poderia sofrer lesões no pulmão, fígado e, caso o galho tivesse atingido poucos centímetros do lado esquerdo, o coração ou artérias seriam perfurados.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

5.723 FOCOS DE QUEIMADAS NO MARANHÃO E BALSAS APARECE NA LISTA

5.723 FOCOS DE QUEIMADAS NO MARANHÃO E BALSAS APARECE NA LISTA
No Nordeste foram detectados 17.171 focos!
Com o objetivo de fortalecer os mecanismos de prevenção e combate aos focos de queimadas no Maranhão, o Governo do Estado, por meio do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), ampliou o monitoramento de incidências desse fenômeno no estado. Em dezembro de 2015, o Imesc divulgou um estudo com o monitoramento das incidências de queimadas nas 21 áreas consideradas Terras Indígenas (TI’s), abrangendo cerca de 24 mil km² de áreas protegidas, distribuídas em 30 municípios.
Reprodução
As ações de monitoramento do Imesc em todo o território maranhense foram reforçadas com o lançamento do Relatório Trimestral de Queimadas Maranhenses, que teve a primeira edição divulgada na quinta-feira (2). No primeiro trimestre de 2016, foram identificados 5.723 focos de queimadas no Maranhão, enquanto no Nordeste foram detectados 17.171 focos. Já no Brasil, o total de incidências chegou a 130.234 registros. 
O estudo mostra que os municípios com a maior concentração de focos de queimadas no Maranhão são: Centro Novo do Maranhão, Bom Jardim, Itinga do Maranhão, Açailândia, Turilândia, Buriticupu, Caxias, Santa Luzia, Cândido Mendes e Balsas. O clima contribuiu para uma maior ocorrência de focos de queimadas no estado, principalmente nas áreas que apresentam longos períodos de seca. Porém, o relatório revela que parte significativa dos incêndios são provocados por ações humanas, sejam acidentais ou criminosas.
 O governador Flávio Dino lançou medidas para impedir o avanço das queimadas no estado. “Esse é um processo de responsabilidade do Governo Federal, mas que conta com todo o nosso suporte, com a presença do Corpo de Bombeiros e dos equipamentos de segurança do Estado, para enfrentar essa situação grave”, destacou o governador ao lembrar o trabalho desempenhado pelo Corpo de Bombeiros do Maranhão na reserva indígena de Araribóia no final de 2015.
O pesquisador Ribamar Carvalho, geógrafo do Imesc e um dos autores do relatório, explicou a necessidade de publicação do estudo. “Com o objetivo de auxiliar a geração de políticas públicas e planejamento governamentais voltados para amenizar essa problemática, o Imesc trouxe a distribuição desses focos por municípios. A necessidade da análise desses dados surgiu ao publicarmos estudo de queimadas nas áreas indígenas. Observarmos mais claramente a destruição causada pelas queimadas e as perdas ambientais e econômicas”, comentou.
 O estudo completo está disponível no site do Imesc, pelo link:http://imesc.ma.gov.br/index.php/publicacoes/132/view/63/showPub/151/

Fonte: Imesc

GOVERNO IMPLANTA NOVO AGROPOLO NA AGROBALSAS 2016

GOVERNO IMPLANTA NOVO AGROPOLO NA AGROBALSAS 2016
Agrobalsas!
Após a experiência bem-sucedida do agropolo da ilha, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), iniciou a implantação do agropolo do Rio Balsas, durante a 14ª edição do Agrobalsas.
 Em reunião com representantes de instituições financeiras, secretarias municipais, instituições de ensino, representantes dos produtores, do Sebrae e das agências estaduais de Defesa Agropecuária (Aged) e Pesquisa e Extensão Rural (Agerp), foram discutidas as demandas do setor e as cadeias produtivas que serão priorizadas no agropolo.
 Os agropolos são espaços geográficos, nos quais produtores rurais, agroindustriais, instituições públicas, privadas e serviços especializados trabalham sistematicamente, com o objetivo de aumentar a produtividade para atender aos consumidores, a partir da produção, agroindustrialização e comercialização.
 O trabalho, voltado para as 10 cadeias produtivas definidas como prioritárias pelo programa “Mais Produção”, será realizado de acordo com a vocação de cada agropolo, em propriedades selecionadas como Unidades de Referência de Produção (URPs).
 As cadeias de leite e derivados e aquicultura foram definidas como as prioridades do polo, o que, de acordo com o secretário da Sagrima, Márcio Honaiser, soma à produção de grãos já forte na região. “Precisamos fomentar outros negócios, transformando a proteína vegetal do grão em proteína animal, na forma de ração para bovinos e peixes, agregando valor aos nossos produtos e gerando mais emprego e renda”, disse.
 Um comitê gestor com representantes de 16 instituições já foi formado a partir dessa discussão e o agropolo já começará a receber assistência técnica nas duas cadeias definidas no segundo semestre deste ano, por meio do convênio com o Senar assinado no início do mês. Um escritório do projeto será instalado em Balsas e já estão previstas melhorias no laticínio da região e na fábrica de processamento de pescado.
 Para Jaquesfrank Martins Coelho, vice-presidente da Cooperativa Mista Agro Leiteira de Balsas (COMALBA), o Agropolo do Rio Balsas vai proporcionar uma união de esforços para atender a demandas antigas dos produtores. “A expectativa é grande, porque o projeto de agropolo na região, pelo que percebemos, vem facilitar e mostrar melhor as necessidades dos produtores para podermos trabalhar mais próximos do governo. Na cadeia do leite, será muito bom porque temos um laticínio que precisa ser adequado para receber o selo de inspeção estadual e temos uma dificuldade muito grande com a assistência técnica às propriedades e vimos que o estado já está comprometido com essas necessidades”, ressaltou.
 Agropolo da ilha
 Com o auxílio do Governo do Estado, por meio do programa Agropolos, desenvolvido pela Sagrima, agricultores da Ilha de São Luís vêm aumentando sua produção e seus produtos, conquistando espaço cada vez maior nas prateleiras dos supermercados da região metropolitana.
 Itens como cheiro verde, alface, vinagreira, couve, acerola, carambola, pimenta, macaxeira, quiabo e maxixe produzidos nas 40 Unidades de Referência de Produção (URPs) do Agropolo da Ilha abastecem três redes de supermercados, além das feiras da capital.
 Em breve, o número de URPs será praticamente dobrado, chegando a 75 propriedades atendidas, recebendo assistência técnica, insumos e oportunidades de comercialização e inserção no mercado formal.

Fonte: Sagrima

ABERTA INSCRIÇÕES PARA 70 JOVENS PARTICIPAREM DE CURSOS DE IDIOMA ESTRANGEIRO

ABERTA INSCRIÇÕES PARA 70 JOVENS PARTICIPAREM DE CURSOS DE IDIOMA ESTRANGEIRO
“Fiquei muito satisfeito com a iniciativa...”!
 O Governo do Estado abriu as inscrições para o processo seletivo do Programa Cidadão do Mundo. Em sua segunda edição, o programa de intercâmbio internacional, coordenado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), selecionará 70 jovens para participar de cursos de idioma estrangeiro em países cuja língua pátria seja inglês, francês ou espanhol. Podem concorrer alunos egressos do ensino médio da rede pública, de instituições de ensino vinculadas a entidades paraestatais ou de fundação sem fins lucrativos.
  “O Cidadão do Mundo é um programa bem-sucedido e que neste momento iniciamos a segunda edição, cujo objetivo fundamental é democratizar o acesso e a oportunidade de intercâmbio internacional aos estudantes que são egressos da escola pública de ensino médio. Neste sentido ele é um marco por ser o primeiro programa de intercâmbio internacional do Governo do Estado para os estudantes maranhenses”, observou o secretário da Secti, Jhonatan Almada, durante o lançamento do edital do programa, que está disponível no site www.secti.ma.gov.br, para inscrições até o dia 23 de julho.
 A cerimônia de lançamento do edital foi realizada no auditório da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no município de Pinheiro, na última quarta-feira (22). Na ocasião também foi lançado o Plano de Trabalho da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) pelo diretor-presidente da Fundação, Alex Oliveira. O lançamento do edital em uma cidade do interior do estado está alinhado com a proposta de descentralização das políticas públicas preconizada pelo governador Flávio Dino.
 “Nós não acreditamos que vamos transformar o Maranhão centralizados ou ilhados em São Luís. Aqui se faz ciência, aqui se produz conhecimento, então o nosso papel à frente da Secretaria, juntamente com a Fapema, é incentivar e fomentar o máximo possível para que vocês sintam-se estimulados em desenvolver um bom trabalho”, disse o secretário Jhonatan Almada em seu pronunciamento a professores, pesquisadores, estudantes e lideranças presentes na cerimônia.
 Ao falar sobre o programa, o diretor da Fapema, Alex Oliveira, disse que o Cidadão do Mundo é uma importante oportunidade para os jovens maranhenses conhecerem outras experiências e participarem de outros processos de conhecimento. “É uma oportunidade que estamos apresentando aqui em Pinheiro e isso demostra também que o Maranhão não é apenas São Luís. Aqui nós estamos ampliando a possibilidade de que jovens do interior do estado participem desse programa e de outros editais da Fapema”, ressaltou.
 O diretor do Campus de Pinheiro da UFMA, Rickley Marques, disse que esta é a primeira vez que um secretário de Ciência e Tecnologia realiza a abertura de um programa de Governo na cidade de Pinheiro. “Fiquei muito satisfeito com a iniciativa. A gente sabe de todas as dificuldades que o Brasil passa financeiramente, o Maranhão não é diferente, mas o Governo continua investindo e ajudando a juventude a conhecer o mundo, querendo cada vez mais estreitar a relação entre as universidades, a Secretaria e a Fapema”, observou o diretor.
 COMO CONCORRER
 As inscrições para seleção no Cidadão do Mundo devem ser feitas por meio do endereço eletrônico http://web.secti.ma.gov.br/cidadaodomundo, com preenchimento do formulário eletrônico. No momento da inscrição, juntamente com seus dados, o candidato deverá informar o idioma pretendido (inglês, francês ou espanhol), dentre as opções constantes no edital. Serão selecionados 120 candidatos para concorrer as 30 vagas de inglês, 120 candidatos para concorrer às 30 trinta vagas de espanhol e 60 candidatos para concorrer às dez vagas de francês.
 Além da exigência de ser egresso de escola pública e ter entre 18 e 24 anos, o candidato precisa ainda estar cursando qualquer graduação há, pelo menos, um ano em uma instituição de ensino superior e ter obtido, ao longo do ano imediatamente antecedente à inscrição no programa, aprovação com média acima da nota sete (ou equivalente) em todas as matérias cursadas.
 O processo seletivo será realizado em três etapas de caráter classificatório e eliminatório. O primeiro filtro de seleção é a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e a entrega da documentação. O segundo filtro é o curso de imersão. É facultado aos candidatos de outros munícipios que não puderem participar da etapa do curso de imersão em línguas estrangeiras em São Luís, por motivo de força maior, a realizar somente o teste final, de caráter eliminatório, mediante prévio teste de nivelamento a ser realizado em São Luís.

Fonte: Secti

quarta-feira, 22 de junho de 2016

RODOVIA DESTA REGIÃO PODE SER ROTA DA EXTRAÇÃO ILEGAL DE MADEIRA

RODOVIA DESTA REGIÃO PODE SER ROTA DA EXTRAÇÃO ILEGAL DE MADEIRA
A última apreensão ocorreu na madrugada desta segunda-feira!
A BR-230, que passa pelo município de Balsas, a 810 km de São Luís, pode estar sendo usada como rota para. Em menos de 15 dias, dois carregamentos de madeira sem documentação legal foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal na rodovia.
Reprodução: Tv Mirante
A última apreensão ocorreu na madrugada desta segunda-feira (20). O inspetor da Polícia Rodoviária Federal, João Eudes, afirmou que o motorista levava madeira em excesso no veículo.
“Como nós já iniciamos o reforço de fiscalização na BR-230, por conta dos festejos diversos que ocorrem nessa época, essa noite nós conseguimos identificar uma carga de madeira irregular, caracterizando crime ambiental, pois transportava madeira em excesso, sem guia florestal pertinente”.
A carga de madeira era transportada em uma carreta que vinha do Pará e tinha como destino o estado de Alagoas. O motorista estava levando uma carga bem maior do que a que constava em nota fiscal. Enquanto a nota informava dez metros cúbicos de madeira industrializada de resíduo, a carga era de aproximadamente 19 metros cúbicos de madeira.
“Em razão disso, o veículo e a madeira estão apreendidos e tudo será encaminhado à Polícia Judiciária, à Polícia Civil Local e ao IBAMA, para que sejam tomadas as devidas providências”, declarou o inspetor João Guedes.
A Polícia Rodoviária Federal trabalha na hipótese de que outros madeireiros podem estar usando a rodovia como opção para transportar cargas de madeira ilegais.