Aniversário de Imperatriz

sábado, 24 de setembro de 2016

11 ACADEMIAS SÃO INTERDITADAS EM BALSAS POR DIVERSAS IRREGULARIDADES

11 ACADEMIAS SÃO INTERDITADAS EM BALSAS POR DIVERSAS IRREGULARIDADES
Caso descumpram a determinação, estarão sujeitas a multa e ao crime de desobediência!
 O Governo do Maranhão fiscalizou 17 academias em Balsas e interditou 11, nesta sexta-feira, 23, por exercerem irregularmente suas atividades. A fiscalização foi realizada em conjunto pelo Procon/MA, Conselho Regional de Educação Física (CREF/MA), Vigilância Sanitária Municipal, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.
 A equipe de fiscalização observou itens como a ausência de licença para funcionar, a inexistência do laudo da vigilância Sanitária e a ausência da supervisão de um profissional de educação física, o que pode resultar em lesões nos praticantes de atividade física, além de falta de registro no CREF. O estabelecimento sem nome nem registro conhecido como ‘Academia do Ogro’, no bairro de Nazaré, foi o que apresentou maior número de irregularidades: não tinha alvará sanitário nem registro no CREF, também não possuía profissional de Educação Física para supervisionar as atividades e seus equipamentos estavam avariados, em má condição de conservação ou com defeito.
 Além da Academia do Ogro, também foram interditadas as academias Tribo Cross Fitness (Catumbi), Academia Perfil (Catumbi), Academia FitCorpuss (Catumbi), Movie II (Cajueiro), Vida Ativa (Setor Industrial), Nosso Studio (Centro), Ponto de Encontro com o Bem Estar (Bairro CDI), mais duas academias sem nome nem registro foram interditadas no Centro. Dois estabelecimentos foram encontrados fechados, também no Centro. As irregularidades mais recorrentes foram a ausência do profissional de Educação Física e do registro junto ao CREF, falta do alvará do CBMM e da Vigilância Sanitária. Somente as academias Movie I (Centro), Equilíbrio (Centro), Arena Fitness (Centro), Decatlhon Academia (Centro) e Academia só para mulheres (Cohab) não foram interditadas.
 Para o presidente do Procon, Duarte Júnior, as infrações atentam contra princípios básicos de direito do consumidor. “Estamos trabalhando para garantir a vida, saúde e segurança nos serviços prestados aos consumidores em todo o Estado. Por isso, não vamos permitir que estabelecimentos sem as condições mínimas continuem funcionando”, afirmou o presidente.
 Segundo a fiscal do CREF/MA, Gisela Ruy, as academias interditadas devem se adequar imediatamente. “Todo estabelecimento voltado para a prática de atividades físicas precisa cumprir leis de funcionamento. O credenciamento junto ao Conselho de Educação Física e a presença do profissional de Educação Física é obrigatória”, alertou a fiscal.
 “Essa operação em conjunto é importante para que as academias possam estar legalizadas. A Vigilância Sanitária está verificando todos os itens necessários para assegurar a saúde da população, como salubridade, ventilação e climatização”, explicou a coordenadora da Vigilância Sanitária de Balsas.
 O Corpo de Bombeiros Militar também acompanhou a operação fiscalizando as condições de segurança dos prédios. “Uma operação em conjunto traz mais credibilidade, segurança e aceitação da população e dos comerciantes locais”, afirmou o tenente Márcio Azevedo.
A operação de fiscalização de academias chega a Balsas depois de ter interditado cerca de 50 academias em São Luís, Timon, Santa Inês e Paço do Lumiar no ano passado. Todas as academias ficaram interditadas até que se regularizem. Caso descumpram a determinação, estarão sujeitas a multa e ao crime de desobediência, previsto no artigo 330 do Código Penal.

Fonte: Procon

5 CIDADES DO SUL DO MARANHÃO ENTRAM EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

5 CIDADES DO SUL DO MARANHÃO ENTRAM EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA
Ao todo são oito no MA!
Nesta sexta-feira (23), o Ministério da Integração Nacional publicou portarias no Diário Oficial da União em reconhecimento à situação de emergência em oito municípios do Maranhão. O motivo é o longo período de seca e estiagem na região.
Os municípios reconhecidos em situação de emergência são: Balsas, Chapadinha, Formosa da Serra Negra, Paraibano, Pastos Bons, São João dos Patos, Sítio Novo e Tufilândia.
Com o reconhecimento federal, os municípios têm acesso as ações de apoio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec). Uma delas é a implementação de programas de fornecimento de água tratada, como a Operação Carro-Pipa Federal.
Também é possível obter benefícios como a renegociação de dívidas no setor de agricultura junto ao Banco do Brasil; a aquisição de cestas básicas do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome; a retomada da atividade econômica das regiões afetadas com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), entre outros, segundo o Ministério da Integração Nacional.
Além do Maranhão, outros 15 municípios dos Estados da Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso e Sergipe foram reconhecidos em situação de emergência.

Fonte: G1/MA

terça-feira, 6 de setembro de 2016

UEMA ABRE 90 VAGAS PARA VESTIBULAR EM ALTO PARNAÍBA

UEMA ABRE 90 VAGAS PARA VESTIBULAR EM ALTO PARNAÍBA
As inscrições vão de 12 de setembro a 14 de outubro!
A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), por meio do Núcleo de Tecnologias para Educação (UEMANET), divulgou nessa segunda, 05, o edital do Processo Seletivo Simplificado VESTIBULAR EAD UEMA 2017, destinado a selecionar candidatos para os cursos de Graduação, na modalidade a distância, para o primeiro semestre de 2017. Serão ofertadas 4.230 vagas distribuídas em 35 municípios em todo o Estado.
O período de inscrição do Vestibular EAD UEMA 2017 iniciará no dia 12 de setembro e encerrará no dia 14 de outubro. Os interessados deverão se inscrever através do site: www.uemanet.uema.br, e acessar o link Vestibular EAD UEMA 2017. O valor da inscrição é de R$ 50,00 (cinquenta reais).
As provas serão aplicadas no dia 11 de dezembro, das 13h às 18h, em São Luís, Açailândia, Alto Parnaíba, Anapurus, Arari, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Bom Jesus das Selvas, Carolina, Carutapera, Caxias, Codó, Coelho Neto, Colinas, Coroatá, Dom Pedro, Fortaleza dos Nogueiras, Grajaú, Humberto de Campus, Imperatriz, Itapecuru Mirim, Lago da Pedra, Nina Rodrigues, Pedreias, Pinheiro, Porto Franco, Presidente Dutra, Santa Inês, Santa Quitéria, São Bento, São João dos Patos, Timon, Viana e Zé Doca.
As provas serão compostas por 44 questões objetivas de múltipla escolha, por área de conhecimento, abrangendo os conteúdos programáticos dos componentes curriculares que integram o ensino médio, segundo as diretrizes dos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN’s e Prova de Produção Textual.
Ao todo serão 90 vagas para Alto Parnaíba – MA, sendo 30 para Licenciatura em Pedagogia, 30 para Bacharelado em Administração Pública e 30 para Licenciatura em Geografia.
Acesse o edital completo: Clique aqui

Infomações: Uema

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

FLÁVIO DINO OFICIALIZA INÍCIO DA RECUPERAÇÃO ASFÁLTICA DA MA-006

FLÁVIO DINO OFICIALIZA INÍCIO DA RECUPERAÇÃO ASFÁLTICA DA MA-006
“Nosso objetivo é garantir o tráfego com segurança...”
O governador Flávio Dino esteve em Balsas, na manhã desta terça-feira (30), onde anunciou uma série de investimentos na área da saúde, o que beneficiará a população do Sul do Maranhão. Dentre as ações anunciadas está a retomada das obras de construção do Hospital Regional de Balsas, com 50 leitos e atendimento em UTI. Na passagem pela cidade, o governador acompanhou o início da recuperação asfáltica emergencial de trechos da MA-006, entre Balsas e a cidade de Alto Parnaíba.
Foto: Smith Rosa
O governador Flávio Dino oficializou o início da recuperação asfáltica da MA-006. Ao visitar a rodovia, ele conduziu as máquinas que iniciaram a pavimentação dos primeiros metros. Devido à falta de manutenção nas gestões anteriores, a MA-006 chegou a um estado crítico e, por isso, a recuperação tem duas fases, sendo a primeira de caráter emergencial.
Foto: Smith Rosa
“Iniciamos a recuperação emergencial da MA-006, no trecho entre Balsas e Tasso Fragoso e de Tasso Fragoso a Alto Parnaíba, com investimento de R$ 5 milhões, para a operação de tapa buracos onde existe asfalto e compactação do solo e regularização de leito onde não existe mais asfalto. Nosso objetivo é garantir o tráfego com segurança, o escoamento da produção, o direito de ir e vir das pessoas e o acesso a equipamentos públicos”, informou o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto.
Foto: Smith Rosa
Em relação à segundo etapa, que compreende a reforma completa da rodovia, nos pontos mais danificados, o governador Flávio Dino informou que será realizado um financiamento para realização da obra. “Nós estamos nesse momento com o projeto de financiamento já aprovado num banco internacional para recuperação plena da MA-006. Estamos tratando desse projeto no Ministério da Fazenda, na Secretaria de Tesouro Nacional. A Cooperação Andina de Fomento (CAF) já aprovou o projeto e só estamos esperando a autorização do Ministério e do Senado para contratar o empréstimo e recuperar plenamente a MA-006”, explicou.
Fonte: SECAP

terça-feira, 30 de agosto de 2016

FOGO ATINGE BARRACAS E ESCOLA EM MANGABEIRAS

FOGO ATINGE BARRACAS E ESCOLA EM MANGABEIRAS
Há décadas que as barracas são montadas!
Um incêndio no fim da manhã desta segunda-feira, 29, destruiu barracas do festejo do padroeiro de São Raimundo das Mangabeiras MA. As barracas faziam parte do tradicional “Parazão” e serviam para a venda de bebidas e comidas. O incêndio atingiu ainda uma escola estadual. Carros pipa foram usados para controlar as chamas.
Imagem: Reprodução
 Ainda não são conhecidas as causas do incêndio.
O "Parazão" é um espaço tradicional do festejo de São Raimundo Nonato, padroeiro da cidade, celebrado entre 21 e 31 de agosto. Há décadas que as barracas são montadas desta forma, sendo este o maior incidente já registrado no local.

SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE FISCALIZA SANTA FILOMENA PI

SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE FISCALIZA SANTA FILOMENA PI
Projeto Procerrado!
A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí – Semar, em parceria com o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e Polícia Civil, iniciou neste mês de agosto, a operação “Inversão”, de fiscalização ambiental em municípios do sul do Piauí.
Imagem: Reprodução
A ação teve início na cidade de Uruçuí, onde foram realizadas abordagens e apreensões de diversas armas de fogo, munições e animais abatidos. Cinco pessoas foram presas em flagrante. Segundo a Semar, a operação será desenvolvida nos meses seguintes com o objetivo de reduzir o número de queimadas e desmatamentos.  Os trabalhos serão focados nos municípios que fazem parte do projeto Procerrado, que contempla Baixa Grande do Ribeiro, Uruçuí, Ribeiro Gonçalves, Currais, Santa Filomena e Palmeira do Piauí, onde se concentram em média 30% de todos os focos de calor no estado do Piauí. Trabalhos serão focados nos municípios que fazem parte do projeto Procerrado, que contempla Baixa Grande do Ribeiro, Uruçuí, Ribeiro Gonçalves, Currais, Santa Filomena e Palmeira do Piauí, onde se concentram em média 30% de todos os focos de calor no estado do Piauí.

Fonte: GP1